Antonio Hugo

Ser romântico, é ter a certeza, de que vale a pena amar; amar a todos, e a tudo o que for bom.

Áudios









“TROVAS nº.13”.

Plantei uma flor no galho
Pra brincar com meu amor,
Ela me disse sorrindo
- A primavera chegou;
Quando sacudiu o galho
A flor do galho soltou.
* * *
O caqueiro escorregou
Soltando da sua mão,
Sua face avermelhou
Quando ele caiu no chão,
O presente que te dei
Como uma recordação.
* * *
Sua mão em casamento
O seu pai me prometeu,
Na hora das alianças
O seu rosto enrubesceu,
A coloquei no seu dedo
E você colocou no meu.
* * *
Ontem olhei no teu rosto
Vi que estava carente,
Diferente de outro dia
Que tinha rosto inocente,
Dois seres quando se amam
O que um sente o outro sente.
* * *
Quando plantei a roseira
No caqueiro que me deu,
Com três dias e três noites
A roseira floresceu...
Colhi pétalas das rosas
E o perfume recendeu.





 

Enviado por Antonio Hugo em 21/02/2007




Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras